Pular para o conteúdo

Cenas de barbárie: imprensa mexicana aponta mortos em confusão em jogo de futebol, governo nega

Partida de futebol foi interrompida por briga generalizada.

Fãs de futebol do México, e de todo o mundo, estão assustados com as cenas de violência protagonizadas por torcedores do Atlas e Querétaro. Os times se enfrentaram pela Liga Mexicana, mas o jogo nem sequer chegou ao fim.

Por volta de 17 minutos do segundo tempo, o que as imagens mostram é um comportamento de completa selvageria e violência. O estopim para a briga não é claro, mas o que se viu foi uma briga generalizada.

PUBLICIDADE

As imagens de transmissão de TV mostram pessoas caídas no chão, sangrando, caídas no fosso que separa a arquibancada do campo, nas arquibancadas e até no gramado. A briga tomou proporções difíceis até mesmo de se descrever.

PUBLICIDADE

As imagens são perturbadoras e circularam o mundo. As autoridades do país confirmam 22 pessoas feridas e reportam que duas delas estão em estado grave. A imprensa mexicana, no entanto, aponta mortes.

PUBLICIDADE

Segundo alguns portais de notícia do país, pelo menos 15 pessoas perderam a vida na confusão generalizada. Até o momento, as informações estão conflitantes até mesmo na imprensa mexicana, mas as autoridades negam mortes.

A liga mexicana decidiu adiar o fim da rodada, além disso o jogo também não foi terminado. A arbitragem interrompeu a partida quando os primeiros torcedores invadiram o campo. Vídeos circulam nas redes sociais mostrando famílias inteiras, com crianças e idosos, tentando fugir da barbárie.

Ambos os clubes divulgaram nota condenando as cenas de violência vistas na partida.

Via: ge.globo.com

PUBLICIDADE