Pular para o conteúdo

Pintor confessa que usou faca de cozinha para cortar pescoços de idosa e diarista; corpos foram incendiados

Willian Oliveira Fonseca cortou os pescoços das vítimas, ao passo que Jhonatan Correia Damasceno incendiou o apartamento.

O pintor William Oliveira Fonseca, acusado pelos assassinatos de duas mulheres no bairro do Flamengo, no Rio de Janeiro (RJ), confessou em depoimento à Polícia Civil que usou uma faca de cozinha retirada do armário da dona do apartamento para degolá-las. As informações foram inicialmente divulgadas pelo G1.

O crime foi registrado na última quinta-feira (07) no apartamento da idosa Martha Maria Lopes Pentes, de 77 anos. Em sua companhia estava a diarista Alice Fernandes da Silva, de 51 anos. Ambas foram surpreendidas por dois pintores, os quais atearam fogo no apartamento depois do crime.

PUBLICIDADE

O segundo suspeito envolvido no crime é Jhonatan Correia Damasceno. Também em depoimento, confessou que fingiu entregar um currículo para Martha, pessoa a quem havia prestado serviços de pintura no apartamento. O intuito era criar um pretexto para que pudesse regressar ao imóvel da vítima a fim de roubar os seus pertences pessoais.

Durante as investigações, Jhonatan foi preso pelos agentes da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) na última sexta-feira (10). Willian se entregou voluntariamente na noite de sábado (11).

PUBLICIDADE

Às autoridades policiais, Willian afirmou que Jhonatan levou uma fita adesiva e lacres para a casa da idosa, a fim de que pudesse amordaçar e prender as vítimas. Nenhuma arma ou faca foi levada com os suspeitos, os quais utilizaram “uma que já existia no imóvel”.

Depois de prender e amordaçar as vítimas, Jhonatan passou a exigir de Martha que preenchesse cheques, além de dar autorização ao banco para os descontos caso recebesse algum telefonema. Depois que retornou, o pintor sugeriu que a melhor alternativa seria matar as vítimas. Willian confessou ter executado a idosa e a diarista com cortes nas gargantas, ao passo que Jhonatan incendiou o apartamento e o corpo de Martha.

PUBLICIDADE

Via: metropoles.com